quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Casamento: uma aliança para toda a vida!



“Não existe casamento tão ruim que não possa ser consertado, Não existe casamento tão bom que não possa ser melhorado.”[1]

A história bíblica do primeiro casamento é cheia de emoções. Inicia-se num jardim lindo e maravilhoso e termina de forma trágica e conturbada. A cerimônia foi realizada pelo Criador e idealizador da família. A alegria tomou conta do homem que inspirado declamou uma linda frade de amor à sua companheira: Gênesis 2.23 "E disse o homem: Esta, afinal, é osso dos meus ossos e carne da minha carne; chamar-se-á varoa, porquanto do varão foi tomada."

Em razão de o pecado ter entrado no mundo, as relações humanas, conjugais, familiares e do homem com o Criador, foram fortemente abaladas. A dor, decepção, a separação, a morte, frieza, sarcasmo, infidelidade, falsidade e mentiras entraram no coração do homem.
Assim, muitos casais começam sua vida num jardim do Edem fazendo juras de amor e fidelidade e terminam na tragédia do divorcio. Não sabem ou não se preparam paras as fases do casamento e não se ajustam conjugalmente. Não se preparam para lidar com as tormentas que chegam oriundas da falta de conhecimento que gera amor e compromisso.

O significado de Aliança



Aliança se diferencia de contrato. O contrato tem obrigações das partes que deverão ser cumpridas por ambas. Porem se qualquer uma das partes não cumprir suas obrigações, a parte ofendida ganha o direito de romper o contrato. A aliança não tem esta prerrogativa. Se uma das partes não cumprir a outra fica firme, pois fez votos que não podem ser revogados. São obrigações serias e com consequências eternas. Ela deve ser honrada.
Veja as exortações bíblicas quanto a esta aliança:
·         Pv. 2.16-17: "para te livrar da mulher adúltera, da estrangeira, que lisonjeia com palavras, a qual deixa o amigo da sua mocidade e se esquece da aliança do seu Deus;"
·         Ml 2.14 "E perguntais: Por quê? Porque o SENHOR foi testemunha da aliança entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança."
·         Lc 16.18 "Quem repudiar sua mulher e casar com outra comete adultério; e aquele que casa com a mulher repudiada pelo marido também comete adultério."
Sempre o Senhor ilustrou seu amor e fidelidade para com seu povo Israel  e sua noiva a igreja do Cordeiro, com o casamento:
·         Ez 16.8 "Passando eu por junto de ti, vi-te, e eis que o teu tempo era tempo de amores; estendi sobre ti as abas do meu manto e cobri a tua nudez; dei-te juramento e entrei em aliança contigo, diz o SENHOR Deus; e passaste a ser minha."
·         Is 54.10 "Porque os montes se retirarão, e os outeiros serão removidos; mas a minha misericórdia não se apartará de ti, e a aliança da minha paz não será removida, diz o SENHOR, que se compadece de ti."
·         Ef. 5.25 "Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,"
O casamento é santo. Logo a aliança é santa, pois foi o Senhor que criou e Ele é Santo. Uma vez que Deus leva o casamento tão a serio, aqueles que o seguem não têm outra escolha senão fazer o mesmo. Uma aliança deve ser sempre honrada.[1]
Vejamos algumas características de aliança no casamento.
·         votos
·          Vida compartilhada;
·         Compromisso;
·         Prioridade;
·         Lealdade;
·         Companheirismo.
Como viver esta aliança de modo construtivo?
1.     Elimine as raposinhas do casamento - "Apanhai-nos as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor." (Cantares 2:15)
o Dr. James Dobson [2]alerta sobre alguns males que podem destruir seu casamento:

a.       Excesso de compromisso e exaustão física – trabalho, faculdade, ter filho, construção, etc, ao mesmo tempo pode roubar o tempo necessário para o ajustamento conjugal. Quase sempre leva um dos cônjuges à solidão. É necessário dedicar algum tempo ao outro.    Cantares de Salomão 6:3 "Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu; ele pastoreia entre os lírios.
b.      Má administração dos recursos financeiros – Use a inteligência financeira: não gastar mais do que você ganha.  Lucas 14:28 "Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir?"
c.       Sucesso financeiro
                           i.      Provérbios 30:8 "afasta de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário;
                            ii.      1 Timóteo 6:9-10 "Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores."
d.      Egoísmo – Existem no mundo dois tipos de pessoas: as que dão e as que recebem. Se os dois cônjuges só sabem receber e não sabem doar trarão desgastes instantâneos para o matrimonio.
                         i  Atos 20:35 "Tenho-vos mostrado em tudo que, trabalhando assim, é mister socorrer os necessitados e recordar as palavras do próprio Senhor Jesus: Mais bem-aventurado é dar que receber."
e.      Expectativas irreais sobre o casamento – nem tudo é mar de rosas. Se alinhe com a realidade.
f.        Invasores que destroem a privacidade do casal – Um se chama ciúme e o outro auto estima inadequada.
g.       Pornografias, jogos de azar, games, internet e outros vícios – o ser humano tem a tendência de se viciar em comportamentos destrutivos, principalmente na juventude.
                       i.      Salmos 101:3 "Não porei coisa injusta diante dos meus olhos; aborreço o proceder dos que se desviam; nada disto se me pegará."
                        ii.      Mateus 6:22-23 - "São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso; se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!"
h.      Frustração sexual, solidão e infidelidade conjugal – é uma combinação fatal.  Não se pode basear o relacionamento nas peripécias de holliwood.



Conclusão

Nivaldo Ximenes Filho aborda pelo menos três características devem ser colocadas em evidência no casamento para que tenha sucesso[4]. Dentre estas características destacam-se:
·   Doação – Jesus ensinou que é dando que se recebe (Lc 6.38);
· Compromisso como valor central. Os cônjuges devem estar determinados a ficarem juntos em quanto viverem (Rm 7.2-3);
o   Assim não são mais dois, mas uma só carne. Assim o que Deus ajuntou não separe o homem” (Mt 19.6).
·   O perdão como base de apoio emocional e espiritual (Mt 6.14).

Tornem-se os cônjuges que Deus quer que sejam e invistam em projetos espirituais. Termino com o texto do apóstolo Paulo em I Coríntios 13.4-8: “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal; Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta” (Bíblia Almeida Corrigida Revisada e Fiel).




[1] Bíblia Devocional do Casal – Comentário Gary Chapman pg. 1065,  Editora Mundo Cristã . 2013, São Paulo
[2] Um Amor para toda a vida – James Dobson ,  pg, 115-119, 2002, Belo horizonte Mg,Editora Atos
[3] A Linguagem do Amor - Valter e Cida, 2009, pg. 9, Produção Independente.
[4] Fundamentos para um Casamento Feliz – Nivaldo Ximenes Filho, 2014, Produção Independente, Jundiai SP



[1] Oficina de Casamento – Adão C. Nascimento, 2002, pg. 02.  Editora Apoio Pastoral, São Paulo.

Namoro e Noivado x Família de Sucesso

Os fundamentos de uma família de sucesso se iniciam antes dos noivos chegarem ao altar. Jovens que não se importam em pautar seu relacio...